sábado, março 12, 2011

N2 PROVA - TEORIAS DE CURRICULO

TEORIAS DE CURRÍCULO

1. PARA AS AULAS DE HISTÓRIA NO ENSINO FUNDAMENTAL, É POSSÍVEL ORGANIZAR OS CONTEÚDOS CURRICULARES DE FORMA QUE SE:


  • priorize o debate dos principais acontecimentos históricos.
  • adote um livro didático, facilitando o acesso dos alunos às informações mais relevantes.
  • resgate a história de vida particular dos alunos enquanto única forma de garantir a igualdade e a democratização da educação.
  • trabalhe com fontes diversificadas, permitindo aos alunos estabelecer relação entre o presente e o passado, favorecendo a problematização.

2. EM RELAÇÃO À POLÍTICA CURRICULAR, A NOVA LDB (1996) ESTABELECE, PARA O ENSINO FUNDAMENTAL,


  • dois níveis de prescrição: um relacionado à seleção cultural com ênfase na construção da cidadania, e outro que define a organização do currículo seguindo diferentes critérios (séries, ciclos etc.).
  • objetivos e conteúdos gerais válidos para todo o território nacional, estabelecendo um modelo rígido de seleção cultural e organização curricular.
  • dois níveis de prescrição: um relacionado à gestão do ensino com ênfase na centralização dos processos decisórios e outro que acaba com qualquer princípio de organização curricular.
  • dois níveis de prescrição: um relacionado à seleção dos conteúdos com ênfase na formação para o trabalho e outro que mantém a organização curricular tradicional.

3. A ABORDAGEM PROCESSUAL OU PRÁTICA DO CURRÍCULO:


  • destaca o abismo que separa a teoria da prática.
  • define o trabalho do professor como mera reprodução dos conteúdos curriculares.
  • considera o currículo em sua relação dialética com a atividade do professor em sala de aula.
  • representa uma crítica profunda à sociologia do currículo, uma vez que rejeita as implicações políticas na definição dos conteúdos.

4. A SELEÇÃO CULTURAL EFETIVADA PELAS ESCOLAS TEM SIDO REAFIRMADA POR ESTUDIOSOS INGLESES, DENTRE ELES RAYMOND WILLIANS, DENIS LAWTON E MICHAEL APPLE.



  • De forma geral, o que esses autores sugerem é que o currículo escolar é produto de uma seleção no interior da cultura de uma sociedade. A idéia que melhor corresponde a essa afirmativa é:

  • “A questão é sempre a seletividade, a forma em que, de todo um campo possível de passado e presente, escolhem-se como importantes determinados significados e práticas, ao passo que outros são negligenciados e excluídos.”
  • “Os alunos aprendem o que é dado na escola, portanto, a vida fora do ambiente escolar não tem relação com a transmissão de conhecimentos escolar.”
  • “A escola desenvolve em sua estrutura a capacidade de transmitir valores e comportamentos que são típicos de cada comunidade, em um determinado tempo. Esses elementos transmitidos pela escola são uma particularidade da instituição e não correspondem aos interesses do poder e, portanto, das elites.”
  • “Paralelamente à divulgação de idéias, visando a desestimular a participação política dos cidadãos, os grupos que tomam um governo e querem evitar que o povo exija procedimentos democráticos e honestos costumam forçar a mudança das leis para concentrar em suas mãos a maior soma possível de poderes.”

Prova concluida com sucesso!!!

Resultado final : 2

TEORIAS DE CURRÍCULO

1. DURANTE A DÉCADA DE 1970, A NOVA SOCIOLOGIA DA EDUCAÇÃO PROBLEMATIZOU AS QUESTÕES CURRICULARES PROPONDO UMA RELAÇÃO ENTRE ELAS, A SOCIEDADE E O PODER.



  • Um dos enfoques centrais foi elaborado por Michael Young, tendo como questão principal:

  • a maneira como a organização curricular pode afetar na formação social e econômica de uma comunidade e/ou sociedade.
  • o fato de escola e currículo não se relacionarem, uma vez que vida cotidiana e conhecimento acadêmico não têm relação.
  • a atribuição de valores diferentes às matérias ou disciplinas e quais os critérios utilizados para isso.
  • conteúdos que devem ser elaborados a partir de estudos sociológicos.

2. O ENSINO DA ARTE NO ENSINO FUNDAMENTAL TEM COMO OBJETIVO DE DESENVOLVER:


  • a sensibilidade, a percepção e a imaginação dos alunos, conduzindo-os ao conhecimento e à valorização das diferentes culturas.
  • a competência musical e artística dos alunos, criando condições para que se destaquem em habilidades manuais.
  • o raciocínio lógico-matemático como forma de garantir uma aprendizagem mais significativa e contextualizada.
  • a habilidade musical dos alunos.

3. ESTUDOS DEMONSTRAM QUE O TERMO CURRÍCULO, EM SUA ORIGEM, ESTAVA VINCULADO ÀS TRANSFORMAÇÕES NA FORMA DE ORGANIZAÇÃO DA ESCOLA,



  • apresentando-se, na área educacional, como princípio da racionalidade, ou seja, o uso do termo currículo:
  • está vinculado ao pensamento científico de garantir a utilização adequada dos recursos tecnológicos em sala de aula.
  • aparece vinculado à necessidade de ampliação do atendimento escolar e, por isso, de propiciar maior controle, padronização e eficiência educacional.
  • surgiu como forma particular de a escola lidar com os alunos em sala de aula.
  • pode ser comparado ao sistema aberto e flexível de ordenação dos conteúdos escolares.

4. UMA DAS PROPOSTAS DOS PCNS É O TRABALHO COM OS CHAMADOS TEMAS TRANSVERSAIS. ESSES TEMAS TRANSVERSAIS PODEM SER DEFINIDOS COMO:


  • problemáticas sociais associadas aos conteúdos das áreas, e recebem esse nome por causa da metodologia empregada para sua inclusão no currículo e do tratamento didático.
  • temas escolhidos pela escola, privilegiando questões ambientais.
  • interpretação de textos para trabalhar com temas paralelos ao conteúdo desenvolvido.
  • nenhuma das alternativas acima.
TEORIAS DE CURRÍCULO

1. DE ACORDO COM OS PARÂMETROS CURRICULARES NACIONAIS, O CURRÍCULO PARA O ENSINO FUNDAMENTAL DEVE SER FUNDAMENTADO:


  • na realidade expressa nos Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil.
  • nos interesses dos professores e da equipe técnica, tornando a proposta mais próxima da realidade da escola.
  • na Base Nacional Comum (áreas de conhecimento) e nos Temas Transversais (aspectos da vida cidadã).
  • nos interesses e necessidades dos alunos.

2. A ABORDAGEM PROCESSUAL OU PRÁTICA DO CURRÍCULO ARTICULA UMA REFLEXÃO SOBRE A PRÁTICA VINCULANDO-A COM O EXAME DAS RELAÇÕES ENTRE EDUCAÇÃO E SOCIEDADE.

  • Essa abordagem elege como foco de análise a maneira como o currículo:

  • pode ser estudado a partir de diferentes referenciais teóricos.
  • pode ser decodificado pelos professores a partir de um trabalho dentro da escola.
  • se realiza de fato.
  • é peça fundamental para a elaboração das atividades que compõem o plano de aula.

3. A RESPEITO DA AUTONOMIA DADA AOS PROFESSORES COM RELAÇÃO AO CURRÍCULO, PODE-SE DIZER QUE:


  • o currículo é algo externo à prática docente e sobre ele nada se pode fazer.
  • não há autonomia alguma – o professor não pode alterar as disposições curriculares.
  • nenhuma das alternativas acima está correta.
  • quando os professores definem as atividades e os conteúdos a ensinar, observam o momento exato de trabalhar dada tarefa, consideram o ritmo da turma etc., isto é, há uma margem de autonomia (currículo em ação).

4. ALGUNS MATERIAIS SÃO ELABORADOS PARA TRADUZIR E CLARIFICAR PARA OS PROFESSORES O SIGNIFICADO E O CONTEÚDO DO CURRÍCULO PRESCRITO.

  • A essa prática denomina-se currículo apresentado aos professores e faz parte do esquema proposto por Gimeno para se compreender o processo de desenvolvimento do currículo proposto. Esses materiais que chegam aos professores são:

  • toda informação fica a cargo dos PCNs. Antes da década de 1990, não havia a preocupação com a preparação de material.
  • somente os livros didáticos.
  • livro didático e programa de ensino, como os Guias Curriculares da década de 1970 ou os atuais PCNs.
  • cartilhas ilustradas e informações dadas em congressos, sempre em período de recesso escolar.

7 comentários :

  1. pessoal vou deixar a minha N1 de T.C, espero que ajude.

    1- Explique o a influência Norte -Americana na transformação do campo do currículo

    2- Relacione descrevendo exemplo prático :Currículo.sociedade e poder.

    3-define currículo oculto e descrevendo como se figura.

    4- Alguns autores de verdece critica a educação afirma que o currículo estratifica e que existe uma relação deste estratificação.Você concorda?

    ResponderExcluir
  2. Prova concluída com sucesso!!!
    Resultado final : 2
    CURRÍCULO ESTRUTURADO: IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS PEDAGÓGICOS
    1. Falar em diversidade e currículo é falar de

    diferença, subjetividade e singularidade. X
    hierarquia, desigualdade e poder.
    predisposição, exercício e reforçamento.
    gênero, planejamento e avaliação.
    2. A frase "Poderás levar o cavalo à água, mas não poderás fazê-lo beber" pode ser entendida quando pensamos na educação como

    o professor é o cavalo e deve beber água.
    não há como fazer uma correlação com a educação ou a aprendizagem escolar.
    o professor não pode fazer nada para incentivar a aprendizagem do aluno.
    uma pessoa não pode aprender pela outra, mas pode facilitar o seu aprendizado. X
    3. A função social da escola é desenvolver o processo de socialização do aluno. Nesta perspectiva, são dois os objetivos prioritários deste processo

    incorporação do aluno no mundo do trabalho e formação do cidadão para intervenção na vida pública. X
    proporcionar interação com os demais no contexto escolar e melhorar as relações familiares.
    incorporação da família na escola e na atitude política.
    promover melhoria geral de seu comportamento e ingresso no mercado de trabalho.
    4. O projeto político-pedagógico caracteriza ou identifica

    o governo.
    a escola. X
    as dificuldades na política.
    a pobreza.

    ResponderExcluir
  3. Boa tarde!!Irei realizar PROVA Do Curso PSICOPEDAGOGIA INSTITUCIONAL das disciplinas: Fundamentos Biológicos do Desenvolvimento Infantil, Teorias e Práticas da Psicopedagogia Institucional, Intervenção Da Psicopedagogia na escola. Alguém tem alguma prova dessas disciplinas?
    Se alguém puder me ajudar eu agradeço!

    ResponderExcluir
  4. Prova concluída com sucesso!!!
    Resultado final : 2
    CURRÍCULO ESTRUTURADO: IMPLEMENTAÇÃO DE PROGRAMAS PEDAGÓGICOS
    1. Qual a função do currículo?

    Tornar o aluno dependente das suas proposições.
    Evitar que o professor conduza o aluno a aprendizagens indevidas.
    Ignorar a cultura, pois ela não faz parte da aprendizagem escolar.
    Perpetuar a cultura como compromisso político com a aprendizagem dos alunos, ressignificando seus saberes e construindo novos conhecimentos.

    2. De acordo com os Parâmetros Curriculares Nacionais (1997), a escola deve

    valorizar os aspectos cognitivos do aluno, com ênfase na memorização.
    organizar o ambiente escolar de modo a colaborar para a inserção do aluno na sociedade.
    só se preocupar com a transmissão dos conteúdos pedagógicos ao alunado.
    organizar o ambiente escolar de modo a atender às camadas sociais mais favorecidas do seu alunado.

    3. De que forma a escola repassa as ideias, os conhecimentos, os valores e as formas de conduta que a sociedade exige?

    Por meio do currículo, da organização pedagógica, bem como dos conteúdos.
    Organizando gincanas e feiras de ciências.
    Elaborando provas que cobrem os conteúdos apresentados no bimestre.
    Promovendo palestras e grupos de estudo devidamente organizados, com ou sem a participação dos pais.

    4. Falar em diversidade e currículo é falar de

    gênero, planejamento e avaliação.
    predisposição, exercício e reforçamento.
    diferença, subjetividade e singularidade.
    hierarquia, desigualdade e pode

    ResponderExcluir
  5. Prova online realizada em janeiro 2014

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pela visita, não entendi sua solicitação!
      :)

      Excluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...